Movimento Não Pago emite nota sobre divisão de grupos

0

Milhares de pessoas participaram do "Acorda Aracaju" no último dia 20 (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Integrantes do Movimento Não Pago divulgaram uma nota na manhã deste domingo, 23 fazendo um balanço do "Acorda Aracaju" e convocando a população para um grande ato na próxima terça-feira, 25, com concentração marcada para às 16h na Praça Fausto Cardoso. Confira:

"Na ultima quinta feira, 20 de Junho, cerca de 30 mil pessoas saíram às ruas de Aracaju com o objetivo de colocar para fora seu grito de indignação. Foi uma massiva resposta do povo aos desmandos dos governos e dos políticos. Diversas bandeiras foram levantadas por pessoas ou grupos que se somaram com a pauta da revogação do aumento da passagem que o Movimento Não Pago vem apresentando ao longo do ano. Hoje não há dúvida. Estamos virando uma página na história do país e de Sergipe.

Achamos fundamental e legitimo que cada indivíduo ou organização se expressem e tragam suas bandeiras e palavras de ordem, porém repudiamos qualquer manifestação que cerceie a liberdade de organização e de expressão. Senão daqui um dia chegaremos ao momento que não poderemos nem levantar as bandeiras do próprio movimento! É preciso ter cuidado e cautela. Não querer partidos não pode ser confundido com não aceitar nenhum movimento social, sindical, associação de bairro, etc. que estejam presentes levando as suas reivindicações históricas e igualmente justas.

É preciso observar outro fato importante. Indivíduos organizados em partidos políticos, não identificados, incentivaram, no último ato, palavras de ordem antipartidárias estimulando a confusão e a divisão do ato em duas frentes, aproveitando-se das pessoas mais jovens que estão começando a participar dos protestos. Para tentar se agregar a massa, esses partidos já muito desgastados, entraram na onda dos “sem partido” de forma bastante oportunista.
Gostaríamos de deixar claro que o Movimento Não Pago se coloca enquanto autônomo a partidos políticos, mas defende a liberdade de organização de cada militante, desde que respeitem a autonomia do movimento e defendam os princípios. Os partidos não podem estar acima dos movimentos organizados.

Chamamos a atenção também, sobre as problemáticas da utilização de carros de som e mini trios em manifestações como estas. Avaliamos que os vários carros de som que estiveram presentes no ato não contribuíram para um efetivo diálogo com o conjunto dos manifestantes, além do que favoreceu a uma maior fragmentação do ato, possibilitando uma divisão dos manifestantes. Para nós, o carro de som deve servir, neste ato, como um instrumento de organização, e ponto de apoio para eventuais incidentes.

Por fim, gostaríamos de convocar toda a população Aracajuana (apartidários e partidários) a participarem do Segundo Grande Ato Acorda Aracaju que ocorrerá na terça feira 25 de Junho às 16 horas na Praça Fausto Cardoso. Convidamos também a população, em especial a juventude, para uma plenária aberta do Movimento Não Pago, no dia 24/06, às 15h, no Teatro Tobias Barreto para prepararmos o nosso bloco para a manifestação. Tragam as suas indignações e vamos pressionar o poder público para revogar o aumento da passagem".

Fonte: Assessoria Movimento Não Pago

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais