MP realiza vistoria nas instalações da Usip

0
MP realiza vistoria nas instalações da Usip (Fotos: Portal Infonet)

A manhã desta segunda-feira, 24, foi de intensa movimentação na sede da Unidade de Internação Provisória (Usip), na capital sergipana. O Ministério Público (MP), por meio da juíza da 17º vara, Aline Cândido, e Defensoria Pública realizaram uma vistoria nas instalações da Unidade Socioeducativa. A inspeção foi motivada em um relatório feito pelo sindicato dos agentes, questionando a segurança dos internos.

No último sábado, 22, uma rebelião nas alas nove e dez da Usip trouxe muita correria na unidade. Internos realizaram um verdadeiro quebra-quebra no final da tarde de sábado e a situação só foi controlada no início da noite.

De acordo com o diretor de operações da Fundação Renascer, Luiz Ricardo, a rebelião foi controlada em tempo hábil. “A situação está sob controle desde novembro na unidade. Rebelião é normal em qualquer unidade sócio-educativa. No sábado houve rebelião que se iniciou às 17h e toda a situação foi controlada às 19h. Está tudo sob controle, foram apenas danos materiais”, disse.

O diretor de operações da Fundação Renascer, Luiz Ricardo

Ainda segundo Luiz, a inspeção promovida na manhã desta segunda, faz parte de uma ação rotineira que ocorre de 15 em 15 dias. “É uma ação de rotina em que a defensoria, Ministério Público e a juíza realizaram uma fiscalização para saber se está ocorrendo tudo certinho na unidade. E neste caso foi constatado que está tudo sobre controle”, disse.

Para a defensora pública Andreza Tavares Almeida, a vistoria só comprova a falta de segurança e condições estruturantes dentro das unidades. “Os adolescentes depredaram duas alas, arrancaram os portões, e as paredes foram quebradas. Na verdade nem a Usip nem o Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) possui segurança alguma para os seus internos. O Estado se comprometeu em readequar as unidades e até agora nada foi feito, o prazo já se expirou. Os locais encontram-se deteriorados sem nenhuma condições”, disse.

Superlotação de Unidades

A defensora pública Andreza Tavares Almeida

O presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança, Sidney Guarani

Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança, Sidney Guarani, a surpelotação de menores ainda é um problema enfrentado pela unidade. “A Usip continua com uma série de problemas, que abrange a suas condições estruturais, além de questões internas que abrange abusos que os menores vêm sofrendo, fora isso tem a superlotação. A unidade que tem capacidade para abrigar 44 menores, está abrigando 87. O Cenam enfrenta o mesmo problema, ele tem capacidade para abrigar 44 e está com 50”, disse.

Por Leonardo Dias e Kátia Susanna

Comentários