MPE discute situação de água nos municípios do sertão

0

(Foto: Arquivo Infonet)

As constantes faltas de água em vinte e quatro municípios sergipanos da região do sertão motivou uma audiência nesta quarta-feira, 24, no Ministério Público Estadual (MPE).

Representantes de diversos órgãos participaram da audiência e informaram que a problemática existente quanto à falta de água na região do sertão está solucionada. Os presentes foram unânimes ao afirmarem que o problema do sistema de abastecimento foi resolvido, havendo esporadicamente problemas pontuais, às vezes causados, até mesmo pela danificação das adutoras pelos moradores da região com vistas para a obtenção de água.

O representante da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedurb) disse que a conclusão das obras de construção da adutora do semiárido, somada a ampliação das adutoras do alto sertão e sertaneja reestruturou o sistema de abastecimento de água na região, que atualmente o sertão sergipano é completamente abastecido pelo sistema formado pelas adutoras do semiárido, alto sertão e sertaneja. Além disso, foi informado que estão sendo realizados reforços importantes para o sistema de abastecimento de água na região do sertão, a exemplo da duplicação das adutoras que ligam o município de Nossa Senhora da Glória a Nossa Senhora Aparecida e o município de Aquidabã ao povoado Mata em Itabi.

Pelo representante da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) foi dito que está em fase de elaboração o Plano Direto de Abastecimento de água na região do sertão, bem como o Plano Estadual de Recursos Hídricos já foi concluído.

Pelo promotor de justiça Daniel Carneiro foi solicitado um prazo de 30 dias para que a Deso, Semarh e Sedurb para que remetam a promotoria relatório comprobatório onde constem investimentos realizados, os municípios contemplados, as ações implementadas e a atuação situação da operação do sistema.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais