MPE quer rigor na fiscalização das prestações de contas das ONG´s

0

Reunião com órgãos públicos
Representantes de órgãos estaduais e municipais ligados ao terceiro setor estiveram reunidos no Ministério Público Estadual (MPE) com a promotora de Justiça Especializada em Controle e Fiscalização do Terceiro Setor, Ana Paula Machado, para discutir formas de controle da aplicação de recursos públicos pelas entidades de interesse social

Segundo a promotora, a fiscalização sobre as Organizações Não Governamentais (ONG´s) tem um ponto importante que é a prestação de contas. “Se tivermos uma prestação de contas transparente vamos ter resultado positivos. Estamos caminhando para obter informações dos órgãos financiadores quanto a prestação de contas dessas entidades”, disse.

Ana Paula Machado durante reunião
Ana Paula alertou que a não prestação de contas resulta para as entidades de interesse social em inadimplência, consequentemente, ficam inaptas a manterem convênios com as administrações públicas federal, estadual e municipal.

A promotora frisou que o MPE pediu as entidades uma prestação de contas que informe no balanço patrimonial os convênios. “Nós estamos no caminho da transparência para que a sociedade saiba quem são as entidades que estão trabalhando e se realmente estão”, afirmou.

Comentários