MPE volta a pedir higiene e controle de acesso de pessoas na Ceasa

0
Ceasa deve ter controle de acesso, diz MPE (Foto: Fernando Augusto/Cohidro)

O Ministério Público de Sergipe expediu recomendação para que a Central de Abastecimento de Sergipe (Ceasa) adote, em regime de urgência, o controle do acesso de pessoas no local, em razão da pandemia do coronavírus O documento, designidado pela Promotoria de Justiça da Defesa do Consumidor, também pede atendimento em horário ou local específico só para idosos e outras pessoas dentro do grupo de risco do vírus. No dia 30 de março, o MPE já havia feito o mesmo pedido.

O documento é baseado em denúncias feitas no último sábado, 4, quando foi notada aglomeração de pessoas dentro da Central. Equipes que formam o Gabinete de Segurança Institucional voltaram a fiscalizar a Ceasa nesta segunda-feira, 6, e aproveitaram para entregar as recomendações.

Também estão inclusos no pedido do MPE, a sinalização externa e interna da distância mínima de 2 metros entre consumidores, reforço da higienização das bancas e disponibilização de álcool e sabão com água dentro da Ceasa, e comunicado para que apenas produtos essenciais continuem sendo comercializados, com as lanchonetes e restaurantes funcionando apenas para retirada ou entrega dos pedidos.

Nossa reportagem entrou em contato por telefone com Dorgival Targino, gerente administrativo da Ceasa, que no momento informou que não podia nos atender, por estar numa reunião, e que retornaria o contato ao final da manhã. Até o fechamento desta matéria não tivemos mais contato com Dorgival. O Portal Infonet fica à disposição por meio do telefone (079) 99985-3076 ou e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Ícaro Novaes

Comentários