Mulher acusada de matar ex-vereador continua foragida

0
Maria José do Nascimento continua foragida (Foto: Polícia Civil)

A polícia continua na busca de Maria José do Nascimento, de 36 anos, acusada de matar o ex-vereador de Poço Redondo, Manoel Messias dos Santos. Maria cumpria prisão preventiva e estava custodiada no Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), onde se recuperava de uma trombose na perna, quando conseguiu escapar da polícia, no último dia 10 de julho.

De acordo com o delegado Helder Sanches, a polícia está no encalço da mulher. “Estamos recebendo várias informações de populares pelo 181, mas até agora ela não foi encontrada. Continuamos procurando”, conta.

O delegado explicou que Maria José conseguiu fugir sozinha do hospital. “Ela recebeu o apoio de algumas pessoas do hospital que não sabiam que ela era foragida. Maria conseguiu esconder a algema e se evadiu do local sozinha”, acrescenta.

O crime

O corpo do ex-vereador foi encontrado no último dia 7, em uma cova rasa na propriedade do ex-vereador, localizada no Povoado Santa Rosa de Emílio, em Poço Redondo, município distante 139 km de Aracaju. O ex-vereador estava desaparecido há cerca de 30 dias. Manoel Messias foi assassinado com requintes de crueldade e teria sido morto por determinação da própria esposa, Maria José do Nascimento, conhecida como Menzinha.

Por Geilson Gomes e Verlane Estácio

Comentários