Mulher baleada em condomínio tinha medida protetiva

0
A Polícia está realizando diligências para prender André (Foto: Ascom SSP)

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou na manhã desta quinta-feira, 18, que Lindinete Monteiro de Almeida, vítima de uma tentativa de feminicídio ocorrido em um condomínio no Bairro Inácio Barbosa, em Aracaju, tinha uma medida protetiva concedida pela Justiça.

De acordo com a assessoria de Comunicação da SSP, Lindinete esteve no Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) no dia 3 de outubro. Na ocasião, foi representada uma medida protetiva e encaminhada à Justiça, para as devidas providências. No dia 4 de outubro, a Justiça concedeu a medida, que determinava que André Mauro dos Santos não se aproximasse da ex-mulher.

Conforme a SSP, o homem não aceitava a separação, por isso teria invadido o condomínio onde Lindinete reside e efetuado os disparos contra ela e o próprio filho, de dois meses de idade.

A Polícia está realizando diligências para prender André. O caso será investigado pela delegada Renata Aboim, do DAGV. As vítimas continuam internadas no Hospital de Urgências de Sergipe (Huse).

Por Yago de Andrade
Com informações da SSP

 

Comentários