O Beijo do Pré-Caju é herança dos romanos ou dos hindus?

0

O clima de folia para Pré-Caju 2003 está no ar. Nos quatro dias da prévia carnavalesca, milhares de foliões acreditam que o importante é ser feliz e dar muito beijo na boca. Durante os dias da festa mais esperada do ano, é possível observar vários tipos de beijos. Os destaques são para o beijo italiano – o conhecido beijo de língua; o “beijo do vampiro” – o beijo que se estende até o pescoço; o beijo metralhadora giratória – a pessoa distribui beijos na testa, nas bochechas, nas orelhas, na nuca, no nariz, na boca; e o beijo roda gigante – os dois foliões ficam virando a cabeça de um lado para o outro enquanto beijam. Independente do tipo do beijo, vale a pena conhecer um pouco das duas versões que existem a respeito de um hábito tão delicioso. O primeiro beijo – O primeiro beijo causa muitas dúvidas e desencontros. Os sentimentos vão do susto ao desconforto, da esquisitice ao arrependimento. No entanto, depois de algum treino as pessoas passam a sentir um friozinho na barriga, prazer e uma inquietação à espera do bis. É esse bis que os foliões do pré-caju perseguem durante os quatro dias da prévia carnavalesca. O beijo surgiu na pré-história? – Não há registros que comprovem o surgimento do beijo na pré-história. Não existem desenhos em cavernas, artesanatos ou pinturas em tecido que indiquem o costume de encostar os lábios entre os nossos ancestrais. A origem do beijo – Há duas versões que explicam a origem de um hábito tão bizarro como o ato de beijar. A primeira é a de que o beijo surgiu há muitos anos em Roma quando os homens precisavam controlar o consumo de vinho. Eles beijavam suas mulheres para descobrir se elas tinham tomado a bebida. Daí em diante, a arte de beijar se expandiu. Entretanto, há uma outra versão que é aceita pela maioria de historiadores: o beijo teria surgido do Oriente, mais precisamente através dos hindus em 1200 a.C. No entanto, o texto indiano Kama Sutra -escrito entre 400 e 200 a.C – é que apresenta uma versão mais amadurecida sobre o assunto, com cerca de 200 passagens detalhando a prática, a moral e a ética do beijo. Higiene é fundamental – A pesar de haver controvérsias sobre a prática do beijo, uma coisa é certa: na época em que ele surgiu não havia escovas de dentes e nem fio dental. Você que é folião do Pré-Caju 2003 não vai querer voltar às origens,certo? Não se alimente de lanches e guloseimas,beba bastante líquido, não abuse de condimentos com gosto e cheiro desagradável e beije muuuuuito. Você não é hindu nem romano. Mas você vem treinando esse gostoso hábito desde o surgimento do Pré-Caju. Aproveite entre os dias 13 e 16 de fevereiro! Beijar é essencial. Por Roseane Moura

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais