O horário foi para o beleléu

0

Outro grande problema do 4º. Curta-SE foi o cumprimento de horário. Cortejando algo que parece estar entrando na vida normal dos sergipanos, as sessões nunca começavam no horário previsto. Sessões marcadas para 19 horas só começavam duas horas depois. A solenidade de abertura começou com duas horas e meia de atraso. A desorganização de horário era tão grande que filmes que não estavam programados foram exibidos nos horários de outros. Resumo da ópera: as festas nas tendas culturais nunca começavam antes da uma hora da manhã, quando já era rara a presença de público. Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais