O PMDB é uma tragédia, diz senador

0

O senador por Sergipe, Almeida Lima – cujo mandato expira a 31 de dezembro de 2010 – foi eleito pelo PDT mas, num lance que ninguém entendeu porque, mudou-se de mala e cuia para o PSDB e, depois, fixou-se no PMDB. Mas, ele não está nada satisfeito por lá.

É isso que se depreende da entrevista que concedeu ao jornal “Revista de Domingo” que circulou no último domingo em Aracaju. “O PMDB tem sido uma tragédia, a grande vergonha entre todos os partidos políticos brasileiro, sem ferir a todos, mas a maioria de sua Comissão Executiva Nacional. O PMDB de passado glorioso, de tantas lutas por liberdades democráticas, se viu, de uma hora para outra, assaltado, quase que em todo o país, pelo que há de pior da classe política brasileiro. Todo o rebotalho foi para o PMDB este mesmo que está envolvido com o poder. Quanto a candidatura própria do PMDB, eu continuo a defendê-la”.

Nesta entrevista, Almeida Lima recusa-se a responder quem seria melhor para Sergipe, se Marcelo Déda ou Albano Franco. “É impossível responder a esta pergunta”.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais