O que acontece agora?

0

O que acontece agora? Bem, a votação na Câmara será a última. Se forem aprovados os R$ 260,00, o governo, imediatamente, o sanciona e pronto, está tudo encerrado. Mas, se a Câmara rejeitar esse valor e aprovar o do Senado, R$ 275,00, o presidente Lula tem poderes de vetar o projeto e, nesse caso, o salário mínimo do país volte a ser R$ 240,00, até que o veto seja apreciado do Congresso. O veto só pode ser derrubado por 2/3 do Congresso. Se for derrubado o veto, então o salário mínimo será o aprovado pelo Senado, ou seja, R$ 275,00. Ocorrendo isso, o governo terá que pagar a diferença de R$ 15,00 aos que perceberam R$ 260,00, o mesmo acontecendo com a iniciativa privada. A confusão do salário mínimo

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais