OAB/SE pede apoio de Corregedoria de Justiça

0

Com o objetivo de fortalecer a Campanha em Defesa das Prerrogativas dos Advogados, membros da diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Sergipe (OAB/SE), visitaram o corregedor-geral de Justiça, Cláudio Dinart Déda Chagas para solicitar apoio no sentido de agilizar soluções para que as prerrogativas dos advogados sejam respeitadas. De acordo com membros da OAB/SE, os advogados estão sendo humilhados nas varas judiciais e alguns juízes sequer recebem advogados em seus gabinetes.

 

Compareceram à reunião, o presidente da OAB/SE, Henri Clay Andrade, o vice-presidente da entidade, Valmir Macedo de Araújo, e os membros da Comissão de Direitos Humanos, Aida Mascarenhas Campos, que preside a Comissão, e Elito Vasconcelos.

 

Os advogados da OAB/SE relataram as dificuldades que estão enfrentando nos fóruns e receberam o apoio do corregedor, que classificou como graves os problemas relatados pelos advogados e anunciou que em breve distribuirá ofício circular dirigido a todas as varas judiciais e juízes. Os resultados relatados foram ratificados pela pesquisa “Advogado (a), a OAB que ouvir você”.

 

O desrespeito às prerrogativas dos advogados fere o artigo sétimo da lei federal 8.906/94, que institui o estatuto da OAB e da advocacia, e o artigo 133 da Constituição Federal, que expressa o advogado como indispensável para a administração da justiça, sendo inviolável nas manifestações durante o exercício profissional. “Desrespeitar as prerrogativas afronta a dignidade dos advogados. É uma situação insustentável”, observa Henri Clay Andrade.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais