Oito praias de Sergipe continuam interditadas para banho

0
Umas das praias interditadas é a do Abaís, no município de Estância (Foto: BPRv)

Oito praias do litoral sergipano permanecem impróprias para banho após a análise de balneabilidade feita pela Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema). Os resultados apontaram um alto índice de coliformes fecais  e o recomendado pelo órgão é que banhistas não frequentem estes locais.

De acordo com a Adema, as praias estão interditadas e os resultados são informados às secretarias municipais de Meio Ambiente de Aracaju, Barra dos Coqueiros e Estância, para que promovam trabalho informativo nas suas áreas.

Segundo a Adema, novos resultados de amostras coletadas vão sair nesta quinta-feira, 18. O órgão informa que, a depender do resultado, outras áreas litorâneas podem ser interditadas por um período de três semanas.

Praias que estão impróprias para banho

As praias do litoral central de Aracaju e Barra dos Coqueiros que estão impróprias para o banho são a Praia do refúgio, na altura do condomínio Lago Paranoá; Praia do Robalo, na altura do clube do Banco do Brasil AABB;  Praia de Atalaia Nova, na altura do farol da barra;  Praia dos Artista, em frente ao novo farol;  Praia de Atalaia Nova, na altura do antigo terminal hidroviário.

A praia do litoral norte sergipano que está imprópria para o banho é a Praia do Jatobá, na altura do terminal portuário, na Barra dos Coqueiros.

As praias do litoral sul sergipano que estão impróprias para o banho são a Praia do Abaís, na altura da Praça de Eventos, em Estância; e a Praia do Saco, na altura da rua principal, também em Estância.

A Adema ainda ressalta que estas praias citadas estarão interditadas por um período de três semanas. O primeiro resultado da análise foi divulgado no último sábado, 13, e um novo resultado sairá nesta quinta, 18.

Por Isabella Vieira e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais