Óleo: profissionais da UFS coletam amostras de água para análise

0
As coletas seguirão até o dia 8 de novembro (Foto: Reprodução de Vídeo do Aracaju Agora Notícias)

Uma equipe composta por profissionais da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Secretaria do Estado da Agricultura (Seagri), com o apoio da Marinha do Brasil, iniciaram nesta terça-feira, 5, a coleta de amostras de água e sedimento na praia do Viral, em Aracaju e no Rio Vaza Barris, nas proximidades da ponte Joel Silveira, limite com o município de Itaporanga D’Ajuda, onde está sendo feita também a coleta na Ilha Mém de Sá.

O trabalho de coleta do material para análise se estenderá posteriormente também para a fauna. As análises químicas vão servir para mensurar quanto o óleo contribuiu para o aumento das substâncias químicas no meio ambiente. As coletas seguirão até o dia 8 de novembro.

A aeronave do Ibama também realizou um sobrevoo no litoral sergipano com técnicos do Ibama, ICMBio e Marinha para monitoramento dessas áreas. O foco foi a região da foz do Rio São Francisco.

Coleta de óleo

Até o momento, já foram recolhidas 1210 toneladas de resíduos (óleo + areia) das áreas afetadas pela substância em Sergipe. O trabalho de monitoramento e limpeza continua sendo realizado em praias, rios e manguezais, mas a quantidade de óleo diminuiu consideravelmente no Estado.

Já a equipe de limpeza do Prevfogo continua concentrando esforços na Reserva Biológica Santa Isabel, no município de Pirambu, por causa do período de desova das tartarugas, sob a coordenação do ICMbio. O Peixe boi Astro continua sendo monitorado pelas equipes da Fundação Mamíferos Aquáticos.

Fonte: Ascom Sedurbs

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais