Ônibus foi incendiado em protesto a morte de jovem

0

Ônibus em chamas (Fotos: Portal Infonet)

Ricardo Freitas, representante da empresa Vitória Transportes

Guarda Municipal isolou o local

Manifestantes inconformados com a morte do jovem Deilson Feitosa Lima – assassinado a tiros em uma escola no bairro Santos Dumont – atearam fogo em um ônibus de transporte escolar da empresa Vitória em frente ao cemitério São João Batista, na tarde desta terça-feira, 12. Ônibus queimado foi utilizado para levar familiares e amigos ao enterro.

Segundo o Guarda Municipal, Haniel dos Anjos, após o enterro, os manifestantes jogaram gasolina no ônibus e tocaram fogo. “Ele atearam fogo em protesto ao menino que morreu ontem no Santos Dumont”, afirma. “No momento só tinha o motorista no ônibus, que conseguiu sair ileso”, completa.

Gessivaldo Santos, passava pelo local no momento e conta que viu um homem de bicicleta jogar um objeto em direção ao veículo. "O homem parou a bicicleta na esquina do cemitério, foi atê o ônibus, arremeçou o objeto e correu", descreve.

O sócio da empresa Vitória, Ricardo Freitas, explica que a prefeitura alugou dois ônibus para fazer o transporte das pessoas para o enterro. “O motorista do outro ônibus evadiu do local ao ver os manifestantes ateando fogo em um dos ônibus", afirma.

Por Geilson Gomes e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais