Padrasto suspeito de matar irmãos é agredido na 4ª delegacia

0
As vítimas foram identificadas como Mikael Allan dos Santos e Sara Yasmin dos Santos Gomes (Grupo JP&Ana)

A Polícia Civil abriu um procedimento criminal para apurar a agressão sofrida por Luciano de Oliveira, 35 anos, preso pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), suspeito de matar, em parceria com a esposa, os dois irmãos. As vítimas foram identificadas como Mikael Allan dos Santos e Sara Yasmin dos Santos Gomes.

Segundo a delegada Carina Rezende, titular da 4ª Delegacia Metropolitana, o interno foi agredido por outro custodiado que está preso temporariamente por tentativa de homicídio.

Luciano de Oliveira foi socorrido pelos policiais civis e encaminhado para o hospital da zona sul para fazer exames e demais procedimentos médicos. A delegada Carina Rezende já começou interrogar o preso que agrediu Luciano e demais testemunhas.

Luciano de Oliveira passa bem e deverá retornar a uma unidade policial da capital ainda hoje.

Com informações da SSP/SE

Comentários