Paralisação de 24 horas no João Alves Filho

0

O diretor Geral do Hospital Governador João Alves Filho – HGJAF -, Fabian Vinicius Santana Pereira, disse que ao chegar em Aracaju se deparou com a greve dos médicos da unidade de saúde, mas que as negociações já estão bastante avançadas e que espera que o atendimento se regularize a partir de amanhã. “Todo movimento é justo, mas nós esperamos que este movimento não passe do dia de hoje. O secretário de Saúde irá receber representantes dos médicos”, disse Fabian. Josué Rodrigues, representante da categoria, explicou que só irá atender casos de risco de vida e que a paralisação é de apenas 24 horas. Segundo o diretor, o hospital não está superlotado desde agora, mas há vários anos em virtude da falta de atendimento de postos de saúde, principalmente dos municípios localizados próximos à Grande Aracaju. “Já enviamos um relatório ao Ministério Público mostrando o quadro de todos os atendimentos realizados”, disse Fabian.

Comentários