Paróquia do Orlando Dantas é assaltada pela 5º vez em dois meses

0
Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro fica localizada no Conjunto Orlando Dantas (Foto: Google)

A Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no Conjunto Orlando Dantas, zona sul da capital, foi assaltada pela quinta vez desde agosto. A última ação criminosa aconteceu na madrugada desta terça-feira, 17. Os assaltantes levaram mais uma vez a fiação elétrica da Igreja.

De acordo com o pároco, Marcelo Conceição, ao que tudo indica são as mesmas pessoas que estão praticando o ato criminoso. Em setembro a igreja já foi assaltada três vezes e o prejuízo já ultrapassa os 7 mil reais.

O pároco, Marcelo Conceição, conta que o prejuízo ultrapassa os R$ 7 mil ( Foto: Arquidiocese de Aracaju)

“Temos um sistema de monitoramento e depois do quarto assalto percebemos que os assaltantes entram pelo mesmo local, sempre entre duas e três horas da madrugada e usam sempre a mesma técnica para roubar os cabos da fiação elétrica. Mudamos as câmeras de local e conseguimos ver que são dois rapazes, um de moto e outro de bicicleta que entram e levam a fiação”, conta.

Padre Marcelo diz que não se sente seguro e teme que os assaltantes retornem pela sexta vez para assaltar a igreja. “Eu mora aqui na casa paroquial, minha mãe também mora comigo e  me sinto inseguro, com medo, porque de repente essas pessoas podem querer levar outras coisas”, diz.

O pároco pede ajuda a população no sentido de denunciar e não comprar produtos oriundos de roubos e furtos. “Peço que a população que tiver alguma suspeita, que souber de alguém que anda vendendo esse tipo de material que denuncie a polícia. Além de tudo que já gastamos para comprar material, ainda gastamos com a mão de obra. Precisamos manter a igreja funcionado, temos nossas celebrações e projetos sociais,  para que isso continue acontecendo precisamos de energia, de internet, e sem cabos e fios isso não é possível”, enfatiza.

A Polícia Militar informou que é feito o policiamento ostensivo na região diariamente e que aos finais de semana o policiamento é intensificado já que os casos de roubos e furtos aumentam. A Polícia também pede ajuda da população para denunciar ações criminosas através do número 190,  lembra que as denuncias são anônimas e que o sigilo da fonte é garantido.

SSP

A SSP informou que promoveu uma reunião na última terça-feira (15) com o padre Marcelo Conceição, responsável pela paróquia. De acordo com a SSP, o padre explicou ao coronel José Moura Neto, comandante do policiamento da capital; e à delegada Rosana Freitas, chefe das Delegacias da capital, os furtos de fios elétricos, feitos sempre na madrugada. Ninguém invadiu a igreja e não houve o emprego de violência contra os frequentadores do local.

Segundo a SSP, investigadores da Coordenadoria das Delegacias da Capital foram na igreja para coletar informações junto com a perícia, que não encontrou ainda digitais. No entanto, já há imagens que estão sendo avaliadas com pessoas suspeitas.

A SSP disse também que equipes da Polícia Militar também foram para o local, que o policiamento será reforçado na área e que determinação do secretário da Segurança Pública, João Eloy, é de que a situação seja resolvida.

Por Karla Pinheiro

A matéria foi alterada às 18h55 para acréscimo de nota enviada pela SSP/SE. 
Comentários