Passe escolar pode ser vendido em casas lotéricas

0

Em reunião realizada ontem, dia 24, o Ministério Público deu 15 dias para o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos do Município de Aracaju (Setransp) e para a Caixa Econômica Federal realizarem os estudos necessários para decidirem pela viabilidade ou não da venda de passe escolar nas casas lotéricas. O objetivo é descentralizar as vendas para evitar filas e reclamações por parte dos usários. Caso não seja possível, as outras alternativas a serem analisadas são a instalação de um posto na Zona Norte de Aracaju e a venda nos Correios. O Setransp argumenta que as filas só acontecem nos primeiros cinco dias do mês, quando cerca de 70% dos estudantes fazem a compra e que o número de usuários no posto do Distrito Industrial (DIA) diminiu após a abertura do posto de venda na Universidade Federal de Sergipe (UFS) e deverá diminuir após a abertura do posto da Universidade Tiradentes (Unit).

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais