Pesquisa indica segunda maior alta da cesta básica em Aracaju

0

Aracaju, entre as 16 capitais brasileiras pesquisadas pelo Dieese, é a capital onde a cesta básica teve a segunda maior alta em junho e nos últimos seis meses. A pesquisa é realizada mensalmente para estudar a variação de preços da cesta.
Em Sergipe, segundo estimativa do Dieese, 42% da população economicamente ativa recebe salário mínimo. A pesquisa revelou também, que para sobreviver em condições ideais, em junho, em vez do salário mínimo R$ 180,00, o trabalhador deveria receber pelo menos R$ 1.072,14.
Os produtos responsáveis pela alta na cesta básica em junho foram o tomate, a carne bovina, o café, o arroz e o pão. Apenas o feijão registrou uma queda.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais