Pirataria e camelôs no centro da cidade prejudicam comércio

0

O Ministério Público Estadual entrou na briga pela exclusão da pirataria de DVDs, uma praga que está corroendo a vida das locadoras da cidade, e exigiu que a Emsurb não dê autorização para bancas que negociam o produto nas feiras livres.

Bem que o MPE poderia exigir da mesma Emsurb que restrinja a colocação de bancas de camelôs no centro da cidade, principalmente nas ruas João Pessoa e José do Prado Franco, o que virou uma praga. É incômodo para os transeuntes e um achincalhe ao comerciante que passa a ter um concorrente ilegal na sua porta.

Além disso, quem passa pelo Calçadão da João Pessoa vê um sem-número de pedintes, alguns deles portadores de doenças terríveis. Já era hora de acabar esse mundo cão.

Por Ivan Valença

Comentários