PM decide pelo aquartelamento

0

A Polícia Militar de Sergipe (PM) decidiu por unanimidade, em assembléia realizada na noite da última quinta-feira (26), ficar aquartelada desde às 6h da manhã da sexta (27). Os policiais militares (PM”s) exigem que o governador Albano Franco cumpra as decisões dos vários encontros que acontecem desde agosto de 2000. Eles aguardam que o governador apresente uma proposta salarial, o plano de carreira de cabos e soldados e a substituição do comandante geral da PM, coronel Antônio Freitas de Alcântara. a decisão tem o apoio da Associação de Cabos e Soldados, Associação dos Oficiais da PM, Associação de Oficiais Acadêmicos, do Clube dos Oficiais, da Caixa Beneficente e da Associação dos Sargentos e Subtenentes. Serão mantidos os serviços essenciais, como guarda em presídios e demais unidades. Serviços de viaturas e policiamento nas ruas estão suspensos. O deputado Augusto Bezerra (PMDB) chegou ao final da assembléia com uma possível proposta do governador, mas muitos PM”s já haviam saído.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais