PMA atende reivindicação da comunidade do Coqueiral

0

(Foto: Cleverton Ribeiro)
Atendendo as solicitações da população, a partir desta quinta-feira, 1° de outubro, os táxis que fazem serviço de lotação no bairro Industrial deverão estender o percurso até o último ponto do Coqueiral, situado na obra do “Conjuntinho”, como é popularmente conhecido. Antes o itinerário terminava no posto de saúde, o que dificultava a vida de uma parcela da comunidade.

A mudança ficou acordada na quarta-feira, 30, em reunião no auditório da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT) entre lideranças comunitárias do Coqueiral, taxistas e representantes da SMTT e da Polícia da Militar (PM).

Para por em prática o que ficou definido, o comandante da PM, Gladston Oliveira Santos, se comprometeu a adotar medidas para que os taxistas possam trabalhar com segurança no fim de linha do Coqueiral. “Nos primeiros dias faremos uma operação de impacto e logo depois implantaremos um ponto base no horário considerado mais crítico, que segundo os taxistas vai das 19 às 20 horas. A partir desse horário, caberá aos taxistas decidir se devem ir até o fim de linha ou ter como última parada o posto de saúde”, esclareceu.

De acordo com o diretor de trânsito da SMTT, major Paulo César Paiva, que intermediou o encontro, essas medidas deverão minimizar os problemas da falta de segurança e do precurso dos taxis. Segundo ele, a SMTT também vai atender outro pedido da comunidade. “Em 15 dias, nossa equipe já terá providenciado a implantação de redutores de velocidade na região. Vamos colocar quebra-molas para garantir a segurança das pessoas que transitam na localidade”, garantiu o diretor.

Com informações da AAN

Comentários