PMA não descarta réveillon, mas cita preocupação com a variante delta

0
PMA não descarta réveillon, mas cita preocupação com a variante delta (Foto: Ana Lícia Menezes)

Com o avanço da vacinação contra a covid-19, algumas capitais, a exemplo de Rio de Janeiro e Salvador, já começam a se preparar para grandes eventos, sobretudo, Carnaval e Réveillon. Na capital sergipana, segundo o diretor de comunicação da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), Elton Coelho, a realização do tradicional Réveillon da Orla de Atalaia não está completamente descartada, mas dependerá do cenário epidemiológico da covid-19. A preocupação é com a variante delta – considerada pela comunidade científica mais transmissível do que a cepa original do coronavírus.

“O réveillon é um assunto que ainda não está descartado. Mas a palavra do momento é cautela. Precisamos estar atentos ao comportamento da doença, principalmente em atenção à variante delta”, salienta Elton.

O diretor de comunicação da PMA diz ainda que o ritmo da vacinação em Aracaju é um grande ponto positivo, mas que ainda é cedo para tomar uma decisão dessa importância. “O nosso objetivo neste momento é focar na vacinação. Caso a gente tenha uma cobertura vacinal muito boa daqui até o final do ano, pode vir a acontecer o evento. Mas claro que seguindo alguns protocolos”, resume Elton.

Segundo dados recentes da Secretaria Municipal de Aracaju (SMS), a capital sergipana imunizou, com a primeira dose, mais de 80% da população adulta e mais de 60% da população em geral. Já são mais de 400 mil pessoas imunizadas em Aracaju.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais