Polícia apresenta quadrilhas que roubavam casas

0

A delegada Danielle Garcia, da Deroc
A Polícia Civil de Sergipe apresentou, na manhã desta quarta-feira, 6, o resultado das investigações que culminaram na prisão de 10 homens envolvidos em assaltos na capital e no interior do Estado. Os trabalhos foram realizados pelo 1º Núcleo de Investigações do Comando de Operações Especiais de Sergipe (Cope), o Comando de Operações Especiais da Polícia Militar (COE) e a Delegacia de Turismo (DTur).

A polícia já identificou mais de 20 roubos de casa na capital realizados pelas três quadrilhas presas. Todos os roubos tinham as mesmas características: em sua maioria, aconteceram no bairro Coroa do Meio; além disso, os roubos não eram planejados. Os assaltantes passavam pelo local, percebiam

Gilmar Santos Silva
uma casa em situação de vulnerabilidade e efetuavam o crime.

Carros das vítimas eram usados em roubos

A polícia ainda não quantificou o valor total roubado pelos criminosos, mas destacou que, em apenas um dos roubos, foram levados mais de R$ 100 mil em jóias, além de TVs de plasma, computadores, tênis e roupas. “Quase sempre, os assaltantes levavam os carros das vítimas, que eram usados para realizar outros crimes”, diz a delegada Danielle Garcia, da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Deroc).

O acusado Luiz Carlos São Mateus
Os outros bairros onde as quadrilhas realizavam os crimes foram: Conjunto Santa Lúcia e Conjunto Sol Nascente, ambos no bairro Jabotiana, e os bairros Cirurgia, Luzia e Salgado Filho.

Quadrilhas realizaram roubos em Aracaju e no interior

O primeiro grupo preso foi o de Luciano Francisco Silva e Edson Silva Mota. Eles foram responsáveis pelo assalto a Pousada Yasmin, na Atalaia, no dia 23 de março.

A segunda quadrilha presa era composta por Josué Ribeiro Nascimento, Gilmar Santos Silva, José Lázaro e Kleber Santana.

David Rodrigo da Silva
Durante a prisão da quadrilha, Josué Ribeiro Nascimento, fugitivo da polícia, foi morto no bairro Fernando Collor quando tentava fugir.

“Eles realizaram um assalto à agência dos Correios na Avenida Barão de Maruim, um assalta à uma agência dos Correios em Lagarto, além dos roubos às residências do médico Almir Santana e a um promotor público, no dia 23 de março”, declara a delegada Daniele Garcia.

A terceira quadrilha presa era composta por Luiz Carlos São Mateus, David Rodrigo da Silva, João Paulo da Silva e o taxista

João Paulo da Silva foi preso em flagrante
José Rogério Silva Santos. Eles foram presos em flagrante quando tentavam realizar um assalto a uma residência na Coroa do Meio. O proprietário da casa, ao perceber a movimentação, ligou para a Delegacia de Turismo, que efetuou a prisão.

De acordo com a delegada, eles foram identificados como responsáveis pelos assaltos a mais três residências na Coroa do Meio e na Atalaia, somente no mês de abril.

O último preso foi Edclemison Isaías, preso no Conjunto Jardins. Edclemison, de 21 anos, é acusado de realizar assaltos a residências no Santa Lúcia,

Edcleison Isaías é acusado de realizar assaltos no no Santa Lúcia e Cirurgia
no Cirurgia, além de um crime em uma loja de material de construção em Lagarto.

Acusados aguardam decisão judicial

Os acusados estão presos no Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e na Delegacia de Turismo (DTur). “O acusado Luciano Francisco Silva foi enviado ao Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copencam). Os outros presos irão aguardar a decisão judicial e, em seguida, serão enviados às penitenciárias do Estado”, afirma a delegada.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais