Polícia divulga vídeo com ação de assaltantes em açougue

0
Assaltante aponta arma para o comerciante (foto: Reprodução do vídeo da SSP)

O Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) divulgou na manhã desta segunda-feira, 22, imagens de três indivíduos acusados de participar de um roubo a um açougue localizado no bairro Ponto Novo, zona sul de Aracaju. O crime ocorreu no dia 11 de outubro de 2017.

O vídeo mostra o momento em que um dos envolvidos no roubo, identificado como Sullivan Philipe Pereira dos Santos, entra no estabelecimento comercial e anuncia o assalto, recolhendo produtos e dinheiro suntraído das vítimas.

De acordo com a delegada do Depatri, Juliana Alcoforado, durante as investigações iniciadas com o apoio das equipes da Divisão de Inteligência (Dipol) e do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), ficou constatada a participação de sete pessoas envolvidas no roubo articulado contra a empresa. “Inicialmente identificamos um dos indivíduos que aparecem na cena do roubo, Sullivan, que a princípio se recusou no fornecimento de dados sobre o fato. Entretanto, a partir de suas relações pessoais e análise de dados, com a Polícia convicta de que se tratava de um crime articulado com informações privilegiadas sobre o itinerário da vítima, chegamos a um total de sete participantes do roubo, desde um ex-empregado até “olheiros” na feira onde a equipe do açougue trabalhava antes do fato e pessoas que permaneceram de prontidão para conduzir os dois investigados vistos nas imagens portando armas e rendendo os funcionários da empresa”, esclareceu a delegada.

Imagens dos procurados (foto: SSP)

Além do Sullivan, foi também preso Michel Rewrisson Macedo Moura, responsável por administrar as informacões passadas por cada participante naquela noite. Ainda encontram-se foragidos: Edioclécio Oliveira Santos, conhecido como “Galego Mecânico” e Lucas Gladestone Fernandes Rodrigues de Arruda, este com um mandado de prisão em aberto por latrocínio contra um policial militar ocorrido em Mossoró/RN. Qualquer informação sobre seus paradeiros deve ser passada à equipe do Depatri por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo aplicativo Disque Denúncia SE.

Fonte: Ascom SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais