Polícia prende suspeitos de latrocínio no loteamento São Braz

0
Edicarlos de Matos (à esq) e David dos Santos(Foto SSP/SE)

O Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), em parceria com a Divisão de Inteligência (Dipol) e apoio da Superintendência da Polícia Civil (Supci), prendeu David dos Santos, 21, e Edicarlos de Matos Souza, 20. Eles são suspeitos da autoria do latrocínio que vitimou o entregador de água e gás, José Inácio Santos Rocha, 25, em 18 de janeiro deste ano, no loteamento São Braz, em Nossa Senhora do Socorro. As detenções ocorreram nas primeiras horas desta sexta-feira, 24.

De acordo com a delegada Juliana Alcoforado, a vítima teria ido até o local para vender uma corrente de prata, que anunciou em um site de vendas. “Ao chegar lá, dois homens o abordaram, o alvejaram diversas vezes e subtraíram seus pertences pessoais. As investigações foram iniciadas e conseguimos coletar, ali na região, uma imagem em que dois rapazes aparecem circulando em uma bicicleta”, citou.

O trabalho policial voltou-se a identificá-los e apurar a suposta participação deles no crime. “Com o apoio da Dipol, conseguimos identificá-los. Comprovamos que eles efetivamente haviam conduzido a vítima até a localidade, sob alegação de que adquiriram a corrente de prata. E pedimos as prisões preventivas à Justiça”, enfatizou Juliana Alcoforado.

Os suspeitos confessaram a prática do crime e foram encontradas as vestimentas utilizadas no dia da ação criminosa. Eles encontram-se detidos, à disposição da Justiça.

Fonte: SSP/SE

Comentários