Polícia volta à invasão do Pantanal

0

Policiais voltaram ao Pantanal esta quarta
“O Estado vai estar presente no Pantanal”, essa foi à afirmação do promotor de Justiça Deijaniro Jonas, que esteve na manhã desta quarta-feira, 18, na invasão do Pantanal, localizada no bairro Inácio Barbosa, zona da capital. A visita aconteceu uma semana após uma família ter ficado refém de bandidos durante três dias.

O promotor salientou que o Ministério Público vai continuar fiscalizando a atuação da polícia e do estado nas ações de cidadania para os moradores do Pantanal e foi enfático ao dizer que aquela localidade não ficará refém de bandidos. “ Pantanal não será um nicho

Deijaniro afirmou que se fará presente
de traficantes”, ressaltou.

Deijaniro Jonas afirmou que a família que foi feita refém está protegida. “A família já foi acolhida pelo Estado e está recebendo a proteção devida”, disse o promotor.

O comandante da Polícia Militar de Sergipe, coronel José Carlos Pedroso Assumpção, que também estava presente na operação destacou que a polícia militar continuará no Pantanal e que o local vai contar com uma polícia comunitária. A determinação é do próprio Secretário da Segurança Pública (SSP), João Eloy.

“O objetivo dessa operação  é mostrar que o estado está

As marcas da violência sofrida por uma família continuam no local
presente e que essas pessoas não estão abandonadas. Vamos nos reunir com a comunidade para colocar uma polícia comunitária para atuar no policiamento ostensivo e repressivo aos marginais”, destacou o Coronel Pedroso.

Durante a operação desta quarta-feira, 18, nenhuma prisão ou apreensão foi realizada.

Por Kátia Susanna



Comentários