Policiais envolvidos na morte de jovem são afastados

0
David Philip foi morto a tiros (Foto: Arquivo Infonet)

Os policiais que participaram da operação policial que culminou na morte do adolescente David Philip Motta Santos, 17, foram afastados das funções operacionais, segundo informações passada pelo assessor de comunicação da Polícia Militar (PMSE), tenente-coronel Paulo César Paiva.

Ainda de acordo com o coronel, os policiais [cerca de três] estão abalados com o ocorrido. “Eles foram afastados para receber acompanhamento psicológico porque eles também estão abalados, já que não é a intenção dos policiais matar ninguém”, afirma.

O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa Humana (DHPP) investiga o caso que está a cargo da delegada Tereza Simony, mas a Polícia Militar também instaurou um inquérito policial paralelamente para apurar os fatos. “Apesar das informações dos policiais nos parecer plausível, a instituição policia militar tem todo o interesse em apurar a realidade dos fatos”, diz.

Entenda

O jovem David Philip Motta Santos, 17, [filho do cabo Djalma] foi alvejado na cabeça no último dia 12 deste mês, no Parque dos Faróis [Nossa Senhora do Socorro], por policial da Rádiopatrulha.

A morte do adolescente causou revolta na comunidade que decidiu protestar. Amigos e familiares demonstravam estar inconformados com o assassinato do rapaz, que na visão deles, ocorreu por engano.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários