Policial é acusado de tentar agredir empresária no Centro

0

A empresária Maria José Teixeira Santos, proprietária de um hotel na rua Laranjeiras, centro da capital, acusa um policial de agredi-la na tarde desta segunda-feira, 8. Segundo ela, o homem, que ainda não foi identificado, estacionou o carro em frente a garagem do seu estabelecimento e mesmo com os pedidos dela, não retirou o veículo do local.

“Eu pedi que ele tirasse o veículo porque atrapalharia a entrada e saída de clientes. Ele ainda insistiu: comprou um picolé e entrou no carro, permanecendo parado em frente ao hotel”, conta. A empresária acionou uma viatura da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) para lavrar o ato de infração. Ela diz que com a chegada dos agentes de trânsito o homem saiu do carro, mostrou a carteira de policial, dirigiu-se a ela e tentou agredi-la.

“Ele disse que eu deveria respeitar as pessoas e estendeu a mão pra bater na minha cara. Só não acertou porque eu estava na varanda e coloquei meu braço”, lembra. Maria José diz, ainda, que quando a agente foi lavrar a multa o policial começou a falar palavrões no meio da rua.

“Fiquei arrasada, principalmente por hoje ser o dia a mulher. Estamos lutando tanto por direitos e vem um policial para bater na minha cara”, lamenta. A mulher disse que prestará queixa nesta terça-feira, 9, e reclamará na Corregedoria da Polícia Militar.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais