Policial sergipano é executado em Alagoas

0

Um triplo homicídio chocou os moradores do município de Piaçabuçu em Alagoas. Moradores da região, que fica distante 110 km de Maceió, ficaram aterrorizados com a ação dos bandidos que assassinaram a sangue frio um barbeiro bastante conhecido na região, um policial civil sergipano e o amigo do policial.

De acordo com um funcionário do Instituto Médico Legal de Maceió, as três vítimas foram identificadas como: o barbeiro Francisco Calixto dos Santos, de 68 anos, o policial civil Sergio Figueiredo Souza, de 54 anos e José Jaminho Teixeira, amigo do policial e empresário em Sergipe,  que chegou a ser atendido, mas morreu no hospital.

Segundo testemunhas, o policial foi executado próximo ao veículo, um carro Gol de placa KJF-8982/SE. Policiais da delegacia de Penedo apuraram que o filho do policial, um rapaz de 23 anos, estava dentro do carro e só não foi assassinado porque estava dormindo.

A irmã do policial, identificada como Jeane, disse que o irmão foi até o município para alugar uma casa para passar férias com a família. O corpo do policial civil permanece no IML de Maceió, onde aguarda a liberação.

A chacina

De acordo com as primeiras informações, o comerciante de pescados conhecido como Gilson, estava vindo de Maceió para o Peba quando foi perseguido por quatro homens.  Gilson tentou pedir ajuda em um posto policial, mas foi capturado e teve R$ 600 roubados.  Ao presenciar o fato, Sérgio teria se identificado como policial e levou vários tiros. O amigo dele que estava próximo também foi assassinado. A polícia investiga porque o barbeiro foi executado.

Por Kátia Susanna

Comentários