Prazo termina hoje

0

Termina hoje o prazo concedido pelo procurador federal do Trabalho, Ricardo Carneiro, ao Governo do Estado, para resolver o problema dos servidores das instituições que foram extintas, há poucos meses atrás.

Como se sabe, o Governo do Estado extinguiu pelo menos oito empresas, transformando-as em autarquias. A Segrase, por exemplo, deu lugar à Degrase. Para que os funcionários não fossem prejudicados, os servidores da Segrase passaram para a Degrase, não havendo redução salarial (mas os funcionários reclamam que perderam planos de saúde, por exemplo).

O procurador Ricardo Carneiro há dois meses atrás denunciou o plano do Governo, dizendo que só se admite funcionário público através de concurso público, considerando inconstitucional a solução do Governo, de aproveitar os servidores de empresas extintas em autarquias. Ele deu, então, um prazo de 60 dias para que o Governo do Estado encontrasse uma solução.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais