Prefeito e vereadores de São Cristóvão se reúnem na SSP

0
Objetivo foi discutir estratégias para a segurança em São Cristóvão (Foto: SSP)

No final da tarde desta quinta-feira, 28, ocorreu uma reunião entre o secretário da Secretaria de Seguraça Pública (SSP) João Eloy, o prefeito do município de São Cristóvão, Marcos Santana, e diversos vereadores do município. Participaram também o Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral e o Comandante de Policiamento Militar da Capital, tenente coronel Vivaldy Cabral, e do Major J. Luís, atualmente superintendente da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

O principal intuito da reunião foi discutir estratégias para melhorar a segurança pública no município. O prefeito, que se colocou prontamente disposto a auxiliar a SSP no que estivesse a seu alcance, relatou a satisfação com a instauração do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), que resultou na reocupação de algumas praças pela população.

Entre os pontos abordados estão a instalação de uma Guarda Municipal em São Cristóvão; de equipamentos de vídeo em zonas que possuem uma situação considerada mais delicada para que todo o material fique à disposição da investigação policial, quando necessário, além da intensificação de rondas e abordagens para um combate mais efetivo ao narcotráfico e outros delitos eventuais.

A inserção do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) também foi solicitada para o início do combate ao tráfico de drogas dentro das escolas, de modo a educar as crianças e os adolescentes da região.

O secretário João Eloy relatou ainda sua satisfação ao ser procurado pelos líderes da comunidade são cristovense e reforça o compromisso que já existe "de a polícia acompanhar, por meio de mapas termais, os índices de criminalidade ao obter dados como local, horário e dias mais propícios à atividade criminosa para a sua inibição de forma mais precisa. Porque a preocupação de vocês também é nossa".

Durante a reunião, foi levantada ainda uma discussão sobre o uso de redes sociais como meio para a propagação de notícias, informes e para o estreitamento da comunicação com a coletividade, que envia suas demandas para a prefeitura por essas ferramentas e conseguem ser vistos e atendidos com maior facilidade.

Fonte: SSP/SE

Comentários