Prefeito, vice e vereadores são diplomados

0

Às 17 horas desta quinta-feira, dia 16, no Teatro Atheneu, os 19 vereadores eleitos, seus suplentes, o vice-prefeito, Edvaldo Nogueira, e o prefeito reeleito, Marcelo Déda, receberam o diploma que lhes confere o exercício de seus mandatos legislativo e executivo, respectivamente. A cerimônia foi presidida pela juíza Geni Silveira Schuster, em função de ser a mais antiga no cargo, e teve com responsável Alaim Nascimento, chefe do Cartório da 2ª Zona Eleitoral.

Eleitores, autoridades e familiares dos eleitos lotaram o Teatro. A cerimônia foi rápida, muitos suplentes não compareceram para receber seus diplomas. O radialista Fábio Henrique, o mais votado para vereador na capital, foi um dos que compareceram à cerimônia. Na ocasião, Fábio afirmou que não pretende deixar o PDT. Segundo o vereador não seria correto mudar de partido antes mesmo de começar o mandato. Dizendo-se feliz pela confiada depositada nele pelo sergipano o jornalista afirmou que a melhor forma de retribuir ao povo é fazendo um bom trabalho. “Vamos nos esforçar para executar um mandato que faça o povo sentir orgulho e ter certeza de que valeu a pena”, declarou.

Contudo, um dos mais esperados da tarde foi o prefeito reeleito Marcelo Déda, que entrou no Teatro ao som de salvas de palmas dos presentes. Para Déda o maior desafio de agora em diante é fazer mais do que já fez. “Não vamos repetir o que já foi feito. É preciso fazer ainda melhor do que fiz nesses quatro anos de mandato. Precisamos agregar valor a cidade, construir novos programas, sempre gastando mais onde o povo mais precisa. E claro sempre mantendo a ética, a transparência administrativa no intuito de construir uma cidade para todos”, disse.

Sobre a reforma do secretariado o prefeito disse que pretende manter a maioria daqueles que já estão no cargo. Ele declarou que tem conversado com os líderes dos partidos aliados para tratar do o novo secretariado. De antemão Déda disse que haverá mudanças também no segundo escalão. O prefeito aproveitou ainda para agradecer ao povo aracajuano que depositou nele sua confiança por mais quatro anos. “Minha reeleição com a expressividade de votos que tive representa muita responsabilidade. Essa foi uma demonstração da população de que cumprimos o nosso dever. Agradeço ao carinho e generosidade do pode de Aracaju”, concluiu. Durante o recebimento do diploma os presentes gritavam em uma só voz ‘governador’, sugerindo apoio ao prefeito nas eleições de 2006.

Dentre os vereadores, o mais aclamado foi o professor Iran Barbosa. Docente da rede estadual o dirigente sindical fio o segundo mais votado na capital. “Me sinto diante de um grande desafio. Ao longo da vida passei por etapas, momentos de construção. Este é um desafio diferente, uma coisa pe ser dirigente sindical e representar uma categoria, mesmo que de um sindicato tão complexo como o Sintese, outra é representar a população de toda uma cidade. Contudo a experiência sindical ensinou bastante, vamos construir nosso mandato servindo com honra, lutando pelos interesses legítimos da sociedade, sempre mantendo o compromisso com a coisa pública”, disse o vereador recém diplomado.

O encerramento da solenidade foi feito pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral – TRE -, José Artêmio Barreto que fez questão de ressaltar que o tribunal estav encerrando naquele momento sua participação no processo eleitoral e que o fazia com muito orgulho pelo fato de essa eleição ter tranqüila e ordeira. “Foi uma eleição onde a cidade permaneceu limpa e os debates foram bastante equilibrados, estamos orgulhosos por isso”, disse. O desembargador frisou ainda que aquela era uma festa do povo e democrática.    

Saiba mais dados sobre o pleito no site ELEIÇÕES 2004

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais