Presos acusados de latrocínio a enteado de vice-prefeita

0
A dupla Paulo Marques de Araújo Silva e Jamisson Santos da Luz foram presos (Fotos: SSP)

Durante coletiva realizada na SSP na manhã desta quinta-feira, 16, a delegada do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), Juliana Alcoforado, concedeu detalhes sobre a prisão da dupla Paulo Marques de Araújo Silva e Jamisson Santos da Luz, apontados como autores do latrocínio que vitimou o enteado da vice-prefeita de Laranjeiras, Herbert Dias dos Santos, 30 anos, ocorrido na noite do último dia 7 de novembro.

O crime ocorreu nas imediações do viaduto de acesso à cidadade de Itabaiana, na BR-101, em Nossa Senhora do Socorro. “O Depatri iniciou as investigações no mesmo dia em que aconteceu o crime, e foi descartada a hipótese de um homicídio. As investigações iniciais foram sob a perspectiva de um possível roubo e nessa terça, 14, elucidamos o crime”, destacou a delegada Juliana Alcoforado.

As prisões aconteceram em um imóvel no conjunto Jardim Centenário, zona oeste de Aracaju. Com os acusados foram apreendidos um veículo Gol, de cor azul e placa HZO-6009/SE – utilizado na ação criminosa -, dois relógios, três aparelhos celulares, um revólver calibre 38 com 15 munições e uma escopeta cano curto calibre 12 municiada.

Ao serem interrogados, Paulo e Jamisson confessaram a autoria do crime. Eles revelaram que a ideia era praticar um roubo e escolheram o local por ser deserto e com pouca iluminação. Os acusados utilizaram o veículo Gol para fechar a pista e quando a vítima tentou furar o bloqueio, eles efetuaram os disparos. Herbert foi baleado e encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde morreu três dias depois.

 Dois relógios, três celulares, um revólver calibre 38 com 15 munições e uma escopeta foram encontrados com os acusados

“O indivíduo Paulo foi o autor dos disparos que vitimou Herbert Dias, utilizando uma arma de fogo que teve o tamanho do cano adulterado. A função de Jamisson era conduzir o veículo que eles estavam”, completou a delegada.

Na casa onde a dupla foi presa foi encontrada a chave de outro veículo roubado na mesma localidade onde aconteceu o latrocínio. Paulo e Jamisson foram autuados em flagrante com base na nova legislação de crimes hediondos, por conta da adulteração na arma. Além disso, o Depatri também solicitou as prisões preventivas de Paulo e Jamisson pelo crime de latrocínio.

Fonte: ascom SSP

Comentários