PRF apreende madeira transportada irregularmente

0

(Foto: Ascom PRF)

Ontem,23, a Polícia Rodoviária Federal em Sergipe (PRF/SE) registrou cinco acidentes nas BRs sob sua circunscrição. Seis veículos se envolveram nesses acidentes, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas. Os agentes federais fiscalizaram 104 veículos, apreenderam quatro CNHs, recolheram seis veículos aos pátios da PRF, prestaram auxílio direto a um usuário, extraíram 52 notificações e detiveram duas pessoas.

Os testes de alcoolemia realizados durante o plantão do dia 22 resultaram em um condutor autuado e detido (teor 0,51 mg/l). De acordo com a lei 12.760/12 (nova lei seca), quem for flagrado dirigindo embriagado: comete uma infração gravíssima; tem a CNH recolhida e suspensa por doze meses; o veículo fica retido até que um condutor habilitado e sóbrio se apresente para a retirada do bem; paga multa no valor de R$ 1.915,40 e ainda, poderá responder por crime de trânsito. Em caso de reincidência nos últimos doze meses, o valor da multa é dobrado (R$3.830,80).

Um homem morreu em um atropelamento ocorrido no início da noite de ontem,23, no município de Aracaju (SE). José Mariano dos Santos, de 55 anos, tentava atravessar a rodovia quando foi atingido por um veículo não identificado, que evadiu-se do local. Instantes depois do ocorrido, manifestantes interditaram a BR 235. Os agentes federais mediaram as negociações para liberação da rodovia.

Policiais Rodoviários Federais apreenderam na tarde de ontem,23, no município de Frei Paulo (SE), cerca de 23 m³ de madeira transportados irregularmente. Os agentes federais faziam o trabalho de fiscalização quando deram ordem de parada a um caminhão Mercedes Benz/L 1113, com placas de Sergipe. Durante a abordagem, os policiais descobriram que a carga não possuía nota fiscal e que não havia o respectivo Documento de Origem Florestal (DOF). Além disso, as madeiras transportadas eram de duas espécies nativas da caatinga, cuja extração é controlada pelo órgão ambiental responsável. O condutor, de 33 anos, disse aos agentes que a madeira foi retirada de uma fazenda na cidade de Pedro Alexandre (BA). A ocorrência foi encaminhada ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), em Aracaju.

Fonte: Núcleo de Comunicação Social

Comentários