PRF registra seis mortes na Operação Carnaval

0

Após colisão com ônibus duas pessoas morreram / Foto: Arquivo Portal Infonet
A Polícia Rodoviária Federal no estado de Sergipe registrou durante a Operação Carnaval 2010, realizada de 12 a 17 de fevereiro de 2010, 25 acidentes, com 22 feridos e 06 mortes. Esses dados foram bem superiores aos registrados no mesmo período de 2009, quando ocorreram 18 acidentes, com cinco feridos e nenhum registro de vítimas fatais.

De acordo com a PRF, apesar do trabalho ostensivo de fiscalização realizado nas rodovias federais de Sergipe durante a Operação Carnaval 2010, muitos motoristas ainda insistiram em cometer atitudes imprudentes. Tais atitudes podem ser comprovadas principalmente nos tipos de acidentes e no número de notificações registradas. 

Na segunda, 15, mais duas pessoas morreram em grave acidente / Foto: Sérgio Ferreira (Atalaia Agora)
Em seis dias de operação, dos 25 acidentes atendidos pela PRF, 06 foram colisões traseiras e 08 foram colisões laterais (acidentes caracterizados pela falta de atenção e tentativas de ultrapassagens mal-sucedidas). Quanto às infrações, 83 motoristas foram notificados por ultrapassagens indevidas. Essa infração é uma das mais perigosas e uma das principais causadoras de mortes nas rodovias, pois acarreta muitas vezes em uma colisão frontal onde as chances de sobrevivência são mínimas. 

Das seis mortes registradas pela PRF durante a Operação Carnaval, cinco resultaram de colisões frontais e uma pessoa morreu atropelada. Um desses acidentes ocorreu no primeiro dia da operação e vitimou duas pessoas no Km 94 da BR 101, no povoado Pai André, município de Nossa Senhora do Socorro, após colisão com um ônibus. Já na segunda-feira, 15, houve o registro de outro grave acidente que vitimou mais duas pessoas, também na BR 101, na cidade de Santa Luzia Itanhy.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais