Professores de Capela entram em greve por tempo indeterminado

0

Os professores da rede municipal de Capela entraram em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira, 25. A suspensão das aulas foi o meio encontrado pelos educadores do município para chamar atenção do poder público sobre a situação precária da educação na cidade e para tentar negociar com o prefeito.

 

Dentre as reivindicações está a falta de um Plano de Carreira que contemple as conquistas históricas da categoria. De acordo com o sindicato da categoria, o Síntese, a proposta de plano elaborado pelo prefeito retira direitos como: titulação e mudança de nível.

 

Os professores do município realizaram este mês uma paralisação de cinco dias e retomaram as atividades no dia 17, sem sucesso, resolveram suspender as aulas por tempo indeterminado. Uma das principais críticas dos docentes é que mesmo depois da paralisação e dos protestos o prefeito Manoel Messias, o Sukita, continua irredutível e não dialoga com a categoria.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais