Programa Investe Turismo será lançado na segunda-feira, 19

0
As ações serão desenvolvidas até fevereiro de 2020 e vão beneficiar 120 pequenos negócios (Foto: Márcio Dantas)

Será lançado na próxima segunda-feira, ás 8h, no Comfort Hotel, o Programa Investe Turismo. Resultado de uma parceria entre o Sebrae Nacional, o Ministério do Turismo (Mtur), a Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) e o Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), a iniciativa tem como foco fomentar o investimento público e privado na oferta turística na Rota Aracaju/Canindé.

O programa pretende ampliar o acesso dos microempreendedores individuais e proprietários de micro e pequenas empresas às ferramentas de inovação, além de melhorar a oferta e promoção de produtos e serviços turísticos sergipanos, elevando assim a competitividade dos empreendimentos que atuam no setor.

As ações serão desenvolvidas até fevereiro de 2020 e vão beneficiar 120 pequenos negócios (meios de hospedagens, agências de viagens e receptivo, locadoras de veículos, guias de turismo, organizadores de eventos, bares, restaurantes artesãos e grupos folclóricos) e outros 60 potenciais empreendedores que atuam nos municípios de Aracaju, São Cristóvão, Laranjeiras, Estância, Itabaiana e Canindé de São Francisco.

As ações serão executadas de forma integrada pelo Sebrae e a Setur, tendo as secretarias municipais da área e o trade turístico como entidades parceiras.

Aliado à ampliação da presença online, o Investe também vai garantir a realização de caravanas para apresentação do Destino em dez cidades nos estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco. Outra iniciativa é a promoção de famtours e press trips com jornalistas e influenciadores digitais nacionais e internacionais.

Rodadas de Negócio

 O Investe irá atuar ainda no fortalecimento da produção associada ao turismo (artesanato, gastronomia, cultura e agronegócio), com a oferta de oficinas de design e precificação dos produtos e serviços. A ideia é estimular o surgimento de redes de cooperação territórios para facilitar a comercialização dos itens.

Buscando garantir a abertura de novos mercados para esses empreendedores, serão promovidas Rodadas de Negócios com a participação de diversas entidades e empresas que compõem o trade turístico.

Um outro foco do projeto é facilitar o acesso dos empresários às linhas de financiamento específicas para o turismo. Serão promovidos seminários de divulgação das linhas de crédito do BNDES e do Fundo Geral de Turismo (Fungetur), além da oferta de orientações para elaboração de projetos.

Fonte: ascom Sebrae

Comentários