Quarta edição da Casa Aracaju acontece em prédio histórico

0

O projeto Casa Aracaju chega a sua quarta edição e, como já era esperado, traz uma série de novidades. Em 2004 a mostra – que deve reunir mais de 60 arquitetos, decoradores e paisagistas, além de estudantes da área – acontece no prédio do Centro de Cultura e Arte de Sergipe – o Cultart – na avenida Ivo do Prado, 612, Centro. O edifício, que é datado de 1917 e já abrigou a antiga Faculdade de Direito, foi tombado pelo Patrimônio Histórico do Estado em 1981. As obras devem iniciar dentro de, no máximo, quinze dias e a inauguração está prevista – mas pode mudar de data – para 30 de setembro. A Casa Aracaju vai funcionar durante 45 dias e estima-se que mais de 15 mil pessoas visitem o local. Para uma das organizadoras da mostra, a arquiteta Mercês Souza, este ano o desafio é maior pelo fato do evento acontecer em um prédio tombado. “Todos os profissionais terão que fazer seus trabalhos sem interferir no patrimônio tombado. Será uma forma de mostrar às pessoas como eles podem trabalhar em um local onde existem diversas restrições”, avalia. E não vai faltar trabalho para quem participar do evento. Segundo Mercês, serão produzidos 30 ambientes, com destaque especial para dois: o “Memorial do Sesquicentenário de Aracaju”, em homenagem ao aniversário de 150 anos da capital que acontece no próximo ano, e “Galeria do Potencial Turístico do Estado”, que deverá exibir todas as atrações turísticas de Sergipe. Confira a entrevista concedida pela arquiteta ao Portal InfoNet e fique por dentro de tudo que deve acontecer na Casa Aracaju 2004.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais