Repórter da Infonet é homenageada pelo Dia da Mulher

0
Cássia Santana (no centro) recebe o reconhecimento pelo Dia Internacional da Mulher (Fotos: Portal Infonet)

A jornalista Cássia Santana, do Portal Infonet foi homenageada nesta quarta-feira, 4, pela Federação Estadual das Entidades Comunitárias de Sergipe (FECS). A solenidade ocorreu no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores (CMA), em alusão ao Dia Internacional da Mulher [celebrado dia 08 de março].

A premiação busca reconhecer os trabalhos prestados e a dedicação das mulheres sergipanas em todos os seguimentos da sociedade, por sua importância nas ações do desenvolvimento das políticas públicas, além do trabalho em defesa da igualdade de gênero e ao enfrentamento da violência contra as mulheres.

A presidente da Federação, Adriana Oliveira, fala do o trabalho desenvolvido pela repórter Cássia Santana no fortalecimento. “A Infonet, através da nossa amiga Cássia Santana, tem sim ajudado cada vez mais na divulgação das nossas ações. Hoje como é um dia muito especial, todas nós sabemos da importância da mulher e não poderíamos deixar de realizar essa homenagem a várias personalidades, entre elas, a Cássia, com seu trabalho produtivo, através da sua força e luta pelo bem da mulher”, afirma.

Homenagem aconteceu na Câmara de Vereadores de Aracaju 

Adriana Oliveira destacou o trabalho desenvolvido por Cássia Santana e o Portal Infonet 

Cássia Santana recebeu o Certificado de Reconhecimento das mãos de Adriana Oliveira e afirmou estar lisonjeada com a homenagem. “É uma imensa satisfação de ter trabalho reconhecido por grandes lideranças que não medem esforços para defender os interesses coletivos. Quero estender esta homenagem a toda a família Infonet pela tradição de atuar com dedicação e no combate as injustiças, e também a todas as mulheres que diariamente se destacam nas suas multi tarefas de mulher, mãe, filha, profissional e companheira. Que o 8 de março se estenda aos 365 dias de cada ano, principalmente com ênfase a constante busca pela justiça social”, defende.

Durante todo este mês de março, a entidade irá promover plenárias, debates e oficinas nas comunidades para ressaltar sobre o Dia Internacional da Mulher e suas adversidades.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais