Reunião Técnica discute mortandade do caranguejo em Sergipe

0

Acontece neste momento, no Hotel da Costa, uma Reunião Técnica com os maiores especialistas em Caranguejo-Uçá de todo o Brasil, como parte da programação do Ciclo de Debates sobre Caranguejo-Uçá em Sergipe. O encontro, promovido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama – em Sergipe, tem como objetivo a troca de experiência entre os especialistas, a fim de unificar metodologias, práticas, procedimentos e rotinas. Além disso, com a finalização do encontro, deverá ser consolidada uma rede de informações sobre o assunto. Segundo o gerente executivo do Ibama-SE, Márcio Macedo, “essa é uma iniciativa do Ibama-SE, por entendermos a importância de uma reunião como essa no Estado. Esperamos, depois do evento, que se estabeleçam consensos e estratégias para conter a mortandade do caranguejo no Estado e evitar a extinção do nosso estoque”, diz. Durante a reunião, cada convidado relata em cerca de 15 minutos as suas experiências sobre prováveis causas de mortandade e apresentam propostas para padronizar procedimentos, metodologias e formas de apresentação dos dados de coletas amostrais. Um dos coordenadores do evento, Salustiano Marques, destaca a importância das discussões. “Sergipe é um Estado com tradição muito forte no consumo de caranguejo. Precisamos discutir as causas reais dessa mortandade que está atingindo os nossos mangues”, afirma. O evento acontece até amanhã, dia 18, quando serão analisados a avaliação dos estoques de Caranguejo-Uçá, nível de exploração e propostas para a recuperação de manguezais.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais