Revolta: moradores destroem local onde garota foi morta

0
Moradores estão demolindo o local por conta própria (Foto: Portal Infonet) 

Um dia após a morte de Michelle de Jesus Santos, de apenas 13 anos, os moradores do conjunto Albano Franco, em Nossa Senhora do Socorro, decidiram destruir, por conta própria, os muros laterais da escola abandonada onde foi encontrado o corpo da garota. O corpo de Michelle estava despido, com sinais de violências física e sexual. O Instituto Médico Legal (IML) só confirmou a morte por asfixia até o momento. Nossa reportagem conversou com o pai da vítima e com moradores do bairro. A demolição daquele espaço já era uma reivindicação antiga dos moradores.

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, por meio de nota, afirmou que o terreno foi doado ao Município em 2005, mas desde então está sem uso. “A atual gestão está discutindo a possibilidade de parceria com instituições de ensino superior para instalação de um polo no local”, complementou. 

Confira a matéria completa no vídeo:

Comentários