Rússia suspende envio e Nordeste continua na luta pela Sputnik-V

0
O cancelamento do envio do lote foi uma decisão do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF)(Foto: Site oficial da Sputnik)

A chegada da vacina Sputnik-V ao Brasil continua indefinida. Os imunizantes, que deveriam chegar ao Nordeste do país nesta quarta-feira, 28, tiveram o envio cancelado, segundo informações divulgadas pelo jornal O Globo. A expectativa era de que Sergipe recebesse, inicialmente, 46 mil doses.

De acordo com a reportagem do Jornal o Globo, o cancelamento do envio do lote foi uma decisão do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), após o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, dizer publicamente que o Brasil não tinha necessidade dos imunizantes Sputnik V e Covexin. O impasse, conforme a publicação, seria discutido em uma nova reunião entre governadores do Nordeste e o Ministério da Saúde russo.

Em ofício enviado no último dia 19, os governadores do dos estados do Nordeste do Brasil – que assinaram um contrato com o laboratório para compra de 37 milhões de doses da Sputnik V – solicitaram que a vacina seja inserida no Plano Nacional de Imunização (PNI) da forma mais breve possível e pediram ainda um posicionamento formal e expresso do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, quanto ao assunto.

O Estado Sergipe havia assinado contrato com a intenção de compra de 400 mil doses da vacina Sputinik-V, mas a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, neste primeiro momento, a compra de apenas  46 mil doses para o estado.

Governo de Sergipe

O Portal Infonet tentou obter informações junto ao Governo de Sergipe, mas até o fechamento desta matéria, não houve resposta. O Portal também tentou contato com o presidente do consórcio da compra da vacina Sputnik-V o governador do Piauí, Wellington Dias, mas sem sucesso. A equipe de reportagem está à disposição por meio do e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Isabella Vieira e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais