Seis hábitos simples para adotar na rotina e ajudar a natureza

0
Atitudes adotadas no dia a dia podem fazer a diferença para a natureza (Foto: Pixabay)

Florestas devastadas, animais em extinção, toneladas de lixo no mar. O meio ambiente vive sob constante ameaça, provocada principalmente pelas ações do homem. A reversão desse cenário depende muito mais da própria população do que qualquer medida dos entes públicos.

A solução para tantos problemas que agravam a degradação do meio ambiente pode estar nos hábitos diários. A vida marinha, por exemplo, é uma das que mais sofrem com as ações do homem. Nossa reportagem conversou com o biólogo Rauber Garcia, do Projeto Tamar, que apontou pelos menos seis medidas simples que ajudam a preservar a natureza.

1 – Não utilização de plásticos. “A gente gera muito plástico e parte deles acaba parando no meio ambiente, impactando várias espécies”, explica. A dica é trocar os produtos em plástico por produtos renováveis, de papel, ou ecologicamente correto, pra evitar o impacto na vida de várias espécies animais e vegetais.

2 – Separar o seu lixo. “É basicamente você separar, no dia a dia, dentro de casa, os produtos que podem ser reciclados, o orgânico do não orgânico. Isso contribui não só para a natureza, mas também a para a sociedade geral, porque gera renda para as famílias que conseguem reaproveitar esse lixo”, pontua.

3 – Evitar veículos na areia da praia. “É uma atitude que pode impactar as espécies locais, tartarugas, caranguejos, além do risco de acidente com outras pessoas”, alerta.

4 – Construções na praia. “Sempre procurar os órgãos responsáveis para saber se a iluminação ou construção não vai afetar ou afugentar alguma espécie daquela região. Muitas construções irregulares atrapalham o habitat do animal”.

5 – Ser responsável pelo seu lixo. “As pessoas adoram passeios em praias, trilhas, em locais da natureza. É importante levar sua sacola para depositar todo lixo que você produzir, e depois dar um descarte correto. Um material descartado na natureza leva anos para se decompor e tem grande impacto na fauna”, alerta Rauber.

6 – Não ter contato com animal marinho. “Quando você se deparar com uma tartaruga, por exemplo, ou qualquer animal, não se aproxime. Natureza é para se admirar, sem tocar. Eles têm que cumprir o ciclo biológico. Naquele momento o animal pode estar indo desovar, ou até mesmo doente. É importante evitar esse contato para não afugentar ou estressar esse animal desnecessariamente, podendo colocar a vida dele em risco”, finaliza. A dica é: faz foto de longe, sem precisar se aproximar.

Por Ícaro Novaes

Comentários