Senar Sergipe abre inscrições para o curso de criação de frangos

0
As inscrições podem ser realizadas até o próximo domingo, 26. (Foto: Senar)

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe (Senar/SE) abre inscrições para o curso online de criação de frangos e galinhas poedeiras. As inscrições podem ser realizadas até o próximo domingo, 26.

O objetivo do curso é dar aos produtores e trabalhadores rurais, condições de executar todas as operações para a produção de frangos e galinhas poedeiras pelo estilo caipira. Sendo a produção de frangos de corte, destinados a venda da carne e das galinhas poedeiras, aquelas destinadas a produção de ovos.

O curso é gratuito e acontecerá de 28 de setembro a 01 de outubro, com turmas no período da tarde, das 13h às 17h e no período da noite das 18h30 às 22h30. O curso tem carga horária de 16h. No ato da inscrição o candidato deve selecionar o turno que tem interesse em se matricular. Os alunos que concluírem o curso receberão certificado.

Durante o curso, serão discutidos temas como manejo, instalações, ambiente e nutrição. De acordo com o gerente técnico do Senar/SE, Saymo Fontes, o curso apresenta aos produtores uma série de técnicas para garantir uma produção eficiente, sustentável e economicamente viável.

“Os últimos cursos realizados sobre o tema foram um sucesso, então, atendendo a demanda, abrimos novas turmas. O curso atende tantos produtores, quanto os “entusiastas” que trabalham na cidade, mas que têm propriedade rural e precisam desenvolver a atividade de forma mais técnica e eficiente”, explicou o gerente.

Inscrições

Os interessados devem preencher a ficha de inscrição no site Senar Sergipe https://senarsergipe.org.br/inscricao/ e fazer o Upload dos documentos exigidos, com o CPF e comprovante de residência, até o dia 26 de setembro, próximo domingo. Obrigatoriamente, os participantes deverão residir no estado de Sergipe.

Os produtores, trabalhadores rurais e familiares terão prioridade nas vagas, devendo enviar uma comprovação da atividade (DAP, CAR, Nirf ou carteira de trabalho). Os inscritos que não enviarem a documentação serão classificados como público geral.

Fonte: Senar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais