Sergipano que morava nas ruas de SP morre após ser queimado vivo

0
Sergipano foi socorrido, mas veio a óbito no Hospital de Tatuapé (Foto: Heloísa Ballarini/Secom SP)

Um sergipano que morava nas ruas da Mooca, em São Paulo, morreu nesta segunda-feira, 6, após ser queimado vivo. Ele foi identificado como Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, natural de Nossa Senhora da Glória.

Câmeras de segurança instalada na localidade mostram o momento em que na madrugada deste domingo, 5, um homem se aproxima da vítima e, logo em seguida, acontece a explosão. A vítima foi socorrida por pessoas que passavam pelo local e pelo Corpo de Bombeiros.

Carlos Roberto foi levado com queimaduras de segundo e terceiro grau ao Hospital de Tatuapé, mas veio a óbito. O caso será investigado pelo 18º Distrito Policial, do Alto da Mooca.

 

por Verlane Estácio

Comentários