Servidores da Coordenadoria Geral de Perícias paralisam por 24h

0
“Estamos desde às 06h30 na porta do IML realizando essa paralisação”, destaca Eziel Oliveira (Foto: Eziel Olvieira/ Sinpoltec)

Logo nas primeiras horas desta terça-feira, 8, servidores da Corregedoria Geral de Perícias (Cogerp) iniciaram uma paralisação de 24 horas das atividades. Segundo o presidente do Sindicato da Política Técnica (Sinpoltec), Eziel Oliveira, a categoria está realizando 30% do efetivo mínimo (que é previsto em lei), mas ainda aguarda diálogo com o Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

“Estamos desde às 06h30 na porta do IML realizando essa paralisação”, destaca Eziel Oliveira. Ainda segundo o sindicalista, desde o anúncio desta interrupção das atividades o Governo do Estado não se demonstrou aberto ao diálogo. “O Governo está completamente insensível às nossas reivindicações”, pontua Oliveira.

Ainda segundo ele, o intuito da categoria é uma reestruturação na carreira dos servidores do IML e peritos criminais. “Nós não queremos aumento salarial, até porque a lei não permite. Nosso desejo é uma reestruturação completa da carreira. Com cada servidor no seu devido lugar e recebendo de acordo com as funções que realiza”, destaca Eziel.

O sindicalista diz ainda que se não houver um diálogo com a SSP ou com Governo do Estado ao longo da paralisação as atividades podem ser interrompidas por tempo indeterminado. “Caso ninguém não nos procure, faremos uma assembleia após o ato e decidiremos por uma paralisação sem prazo definido de retorno”, afirma Oliveira.

Em nota, a SSP afirmou que o secretário da Segurança Pública tem tratado do assunto junto ao Governo do Estado e dos representantes dos Institutos da Coordenadoria Geral de Perícias. “Parte do atendimento continua normalmente nos Institutos. A SSP reconhece a importância de todos os servidores da Cogerp [Corregedoria Geral de Perícias] e atua para a manutenção de seus servidores”, informa o órgão.

por João Paulo Schneider 

A matéria foi editada às 15h20 do dia 08/09/2020 para correção de informações
Comentários