Servidores da Perícia Criminal anunciam paralisação de 24h no dia 8

0
A assembleia ocorreu na tarde desta segunda-feira, 31, na Praça Tobias Barreto (Foto: Sinpoltec)

Durante assembleia realizada na tarde desta segunda-feira, 31, os servidores da Perícia Criminal do estado de Sergipe decidiram fazer uma paralisação de 24h no próximo dia 8 de setembro. Segundo o presidente do Sindicato da Política Técnica (Sinpoltec), Eziel Oliveira, a categoria está há muitos anos carente de uma reestruturação na carreira.

“Nós não queremos aumento salarial, até porque a lei não permite. Nosso desejo é uma reestruturação completa da carreira. Com cada servidor no seu devido lugar e recebendo de acordo com as funções que realiza”, destaca Eziel.

Ainda segundo o presidente do Sinpoltec, a paralisação será no dia 8 de setembro com o intuito de chamar atenção para as autoridades do estado. “Faremos uma paralisação de 24h. Começando às 7h da manhã do dia 8 de setembro e indo até o mesmo horário do outro dia. Queremos um pouco de diálogo”, ressalta Oliveira.

O sindicalista diz ainda que se não houver um diálogo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) ao longo da paralisação, as atividades podem ser interrompidas por tempo indeterminado. “Caso ninguém não nos procure, faremos uma assembleia no mesmo dia e decidiremos uma paralisação sem prazo definido de retorno”, afirma.

Em nota, a SSP afirmou que está acompanhando o movimento e que os serviços essenciais não serão comprometidos. Ainda segundo o órgão, “foi feita uma reunião com os diretores de todos os Institutos ligados à Cogerp [Corregedoria Geral de Perícias] na última quinta-feira, 27, com o secretário João Eloy”, pontua.

por João Paulo Schneider  e Verlane Estácio

Comentários