Servidores do Poder Judiciário Federal cruzam os braços

0
Apitaço na porta do TRT/SE (Fotos: Portal Infonet)

Servidores do Poder Judiciário Federal em Sergipe decidiram aderir ao movimento nacional e iniciaram nesta segunda-feira, 22, uma greve por tempo indeterminado. A categoria defende uma proposta de 53%, mas não conseguiu avanços quanto a contraproposta do Governo Federal.

“Os servidores estão paralisados no país todo para reivindicar que o Governo apresente a contraproposta ao Plano de Cargos e Salários que vem tramitando desde 2002. Esse plano objetiva recuperar o poder de compra e nosso último PCCV foi em 2006 de forma parcelada, quando foi feita a negociação salarial da inflação passada”, destaca o diretor jurídico do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Sergipe, Ricardo Braga.

Ricardo Braga, assessor jurídico do sindicato

Servidores participaram de aula de ginástica

De acordo com ele, no último dia 10, "o Governo Federal fez mais uma manobra política" e não apresentou nenhuma proposta. A nossa proposta é de 53% e a inflação acumulada nesse período segundo levantamento do próprio STF, é de 49,8%.

Houve paralisação nos dias 18 e 19 e a categoria decidiu declarar greve por tempo indeterminado a partir de hoje. Estamos tentando fortalecer o movimento e trazer os colegas que ainda não aderiram”, destaca acrescentando que em Sergipe são 1.100 servidores, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e na Justiça Federal.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais